«

»

Depoimentos de Vida 2011

01 – Mirtes M.
02 – Francis
03 – Hilario
04 – Priscilla
05 – Fernanda P.
06 – Márcia Vasques
07 – Alvaro N.
08 – Will Pereira
09 – Juliano P.

 


Obrigada pelas orientações, nesses “intensos” sete meses que experiencio a Ayahuasca foram realmente reveladores.

Aprendi a me ver como uma alma em evolução, rever conceitos sobre minha vida e escolhas, mas principalmente a olhar todos meus “companheiros de viagem” (Pais, Irmãos, Filhos, amigos, etc..) como grandes mestres merecedores de toda minha gratidão e respeito.

Olhá-los como grandes sinalizadores de meu caminho, de meus erros e mais ainda como enviados para minha vida para me ensinar a ouvir, compartilhar e aprender a rever posicionamentos.

Sei que tenho muito a descobrir ainda, mas já sei que descobri o caminho que responde a todas as minhas perguntas.

Agradeço a Deus por ter colocado a minha frente um lugar tão especial como o Ceu Azul, com dirigentes tão maravilhosos como vocês dois. Sei que sou privilegiada por ter sido encaminhada a esse ponto de luz e só tenho a agradecer a Deus, a toda Espiritualidade, e principalmente a dedicação do padrinho Renato e da madrinha Cris, pois sem o amor de vocês isso não seria possível. Não me canso nunca de agradecer: ““ OBRIGADAAA “”

Mirtes M. 05/10/11


Meu nome é Francis, sou músico nascido em São Paulo, capital.

Em um determinado momento da minha vida, passei por dificuldades financeiras e psicológicas. Os círculos aos quais eu pertencia me traziam como solução o vício e a falta de harmonia com a humanidade. Distanciei-me da minha família, pois não acreditava que pudessem trazer-me soluções condizentes com minha ideologia e forma de encarar a vida. De certa forma, a futilidade humana era a base considerada sólida por todos que eu conhecia, e da mesma maneira, acreditei que a vida não me traria nada de louvável e que o fundo do poço era algo inevitável e óbvio. Qualquer demonstração de alegria ou afetividade era na verdade falsidade ou formas medíocres de expressão popular. Eu estava longe de todos, me inebriava a todo o momento para curar a dor que sentia dentro do meu peito e mente.

Machuquei muitos que tentavam mostrar-me o caminho da benevolência e caridade. Os atacava com falsas falácias de um homem entregue ao caminho da loucura, beirando a morte para se sentir vivo.

Certa vez, um de nossos irmãos havia acordado da mentira em que vivíamos, vendo meu sofrimento, em um ato de caridade, conversou insistentemente comigo sobre sua descoberta maravilhosa. Ele dizia que a vida era dura como nós já conhecíamos, porém não seria necessário continuar sofrendo de tal maneira. Nós mesmos nos enfiávamos naquele buraco, e que somente abrindo os olhos poderíamos sair de um pesadelo tão obscuro.

Para quem está acordado, abrir os olhos pode parecer fácil. Para quem dorme o sono de Morfeu então parece brincadeira. Para quem está trancado em um pesadelo interminável milagres não existem, e dificilmente quando acordamos estamos em condições de acreditar que existe um caminho que pode nos ajudar a livrar-nos da maldade que existe dentro dos nossos corações.

Meu desespero era tamanho que eu resolvi tentar. O que seria essa experiência comparada ás minhas frustrações nesse momento insólito?

Segui as instruções do nosso irmão e me preparei durante uma semana. Abstive-me de tudo que poderia me fazer mal. Não foi fácil, mas o fiz acreditando que nada mais poderia perder em minha vida.

Foi então que conheci a Ayahuasca. Comunguei e daí por diante comecei o meu processo de cura e libertação. Não foi da noite para o dia, caí muitas vezes nas tentações e nos hábitos que insistiam em incitar-me. Foi doloroso para toda a minha família, amigos e carreira. Porém acordei! Poderia piscar meus olhos, mas lutava para que continuassem abertos. Todos percebiam as mudanças, e aqueles que somente queriam absorver minhas qualidades, fluídos e alma acabaram se retirando, já que, não teriam mais nada para obter de mim exceto verdades e conquistas. Tentei e ainda tento ajudar os que como eu, ainda estão na escuridão, e tenho isso como parte dos meus objetivos.

Hoje em dia freqüento o CEU AZUL, que é um esplêndido ponto de luz, e agradeço ás forças elementais do universo por trazerem á terra pessoas tão maravilhosas quanto o padrinho e a madrinha que nos auxiliam na descoberta e retorno aos nossos caminhos.

Francis A. 07/10/11


Caros amigos falar do daime é contar uma grande história, já que esta bebida é ancestral, sendo assim tem todo teu caminho. Conheci o Daime pelo jornal nos anos 72 / 73, foi quando morreu um líder espiritual lá do amazonas, saiu uma ou duas paginas no estadão ou no jornal da tarde, não me lembro bem, só me lembro que falava da bebida ingerida nos cultos a Deus em nome de Jesus. Achei curioso e interessante e esqueci. Os anos se passaram e nos anos 2000 fui convidado a beber o daime aqui em São Paulo, e estou bebendo até os dias de hoje. Conheci muitas tendências e conheci muitos lugares, passei por momentos mágicos e inexplicáveis sem falar dos milhares de pessoas que conheci por estes caminhos, sempre gente especial e com boas intenções. Tudo mágico, às vezes doloridos às vezes alegres e já até criei um jargão: por mais ruim que foi, sempre é bom. Estou caminhando e confiando no Pai e vamos que vamos, que infinito é o amor. Que viva o céu, que viva o Céu Azul…

Hilario – 09/10/11


Gostaria de contar minha experiência com a sagrada ayahuasca e como ela tem me ajudado.

Fui usuária de drogas durante toda minha adolescência, ao completar 21 anos decidi buscar ajuda, pois estava realmente chegando “no fundo do poço”.
Com a ajuda de meu pai, fiz tratamento, mas somente minha vontade de deixar as drogas foi suficiente pra largar os vícios.

Com isso sofri depressão, e o álcool foi uma “saída”, pois álcool eu achava que não fazia mal.
Foi então que comecei a ter sonhos, sonhos que eu comecei a estudar e entender melhor quem sou.

Comecei a fazer viagem astral, e parei de beber.
Mudei totalmente meus costumes, mas faltava algo.
Casei, voltei a tocar, pois sou musicista.

Tive crises de depressão, pois via meu companheiro afundando no álcool, e com isso brigas constantes. A desunião também era com minha mãe e minha irmã.
Meu marido e eu decidimos separar.
Foi quando um grande amigo fez um trabalho com chá e nos convidou, fui, mas achando que era droga e que não ia acontecer nada.
Durante o trabalho o meu pensamento era: Ah to usando essa droga aqui pra ficar doidona e já era.

Não foi isso que aconteceu primeiro escutei a voz de um índio me repreendendo, falando que não era droga e sim ayahuasca sagrada, aconteceu minha primeira limpeza.
Durante todo trabalho, vi minha vida conversando comigo mesma, refletindo que a mudança depende somente de cada um de nós. Senti a magia do chá e o que a planta tinha pra me ensinar. Sentia-me outra pessoa.
Fui repreendida, apanhei e aprendi.

Casamos novamente, mas com a certeza do amor e da união.
Procuramos um lugar especial onde pudéssemos comungar a ayahuasca, e encontramos o CÉU AZUL.

Lugar cheio de amor e luz, foi no CÉU AZUL que meu marido se encontrou de verdade e parou de beber.

Nessa casa maravilhosa recebo inspirações de amor.
No CÉU AZUL aprendi a amar, e o que é mais importante, sem ninguém falar ou pregar nada pra mim, apenas a força da professora da ayahuasca para entrar dentro do coração e mente.
Hoje sim, sou amor sou luz.

Tenho uma vida feliz, pois me encontrei.
Agradeço ao Padrinho Renato e a Madrinha Cris pelo amor, pois sem amor não somos nada e o Céu Azul só é um lar de amor porque dentro de vocês existe amor. OBRIGADA CÉU AZUL.

E faço meu convite pra quem ainda não conhece, e pra quem sentir que precisa de ajuda, digo a vocês que a ajuda esta dentro de você e só é necessário se conhecer, a natureza vai te mostrar a saída e a entrada para uma vida de amor. Venha e tome o chá ele vai te guiar irmão.

Priscilla – 20/10/11


Cris e Rê,

Gostaria que vocês soubessem que nossa aproximação, convivência juntos e o nosso compartilhamento espiritual trouxe pra minha vida, a minha vida de volta, os meus valores, esperança e amor, que tinham se perdido pelo caminho de decisões equivocadas.

Agradeço todos os dias a Deus por trilhar meus caminhos com pessoas como vocês, tão ESPECIAIS!

Sabe, é difícil expressar meus sentimentos, mas sempre quis poder agradecer tudo o que vocês fizeram e fazem por mim, principalmente pelo meu reencontro com Ele, tão maravilhoso em nossas vidas.

Precisava dizer a vocês o quanto estou Feliz, quantas bênçãos acontecem em minha vida, e agradecer não só por mim, mas pela continuidade desta obra maravilhosa que ajuda tantas pessoas, embora pelo caminho surgirão momentos de descrença, desilusão e discordância na vida de todos nós, não podemos nos deixar abalar nem nos entregar, pois são nesses que devemos aproveitar para crescer e ficarmos cada vez mais fortalecidos e acima de tudo unidos.

Rê, quando conheci você não imaginei que você fosse uma pessoa tão especial, de um coração tão grande e Cris, sabe que desde pequena tenho um carinho muito grande por você, e fiquei muito feliz de nos reaproximarmos, quero agradecer pelos momentos de aprendizado, disciplina, luz e amor que obtive, desejo que vocês tenham paciência, sabedoria, discernimento, paz interior, compreensão nos momentos difíceis, consigam demonstrar e exteriorizar todo esse amor que existe dentro de vocês, que tenham paz em suas vidas e que a esperança sempre esteja convosco.

Espero que o Céu Azul continue sempre azul como a cor que Deus nos abençoa a cada novo dia e que a Luz e a Paz reine entre todos que ali passarão.

Amo vocês, e mais uma vez muito grata.

Beijos,
Fer

Fernanda P.


Tomar ou não tomar Ayahuasca eis à questão!

Sempre que digo que tomo ayahuasca, as pessoas me perguntam se não altera minha consciência? A resposta é sim! Não só altera, como eleva, uma consciência que não se altera não tem como se elevar.

A Ayahuasca serve justamente para isso. A partir dela, pude obter de uma forma rápida e segura, acesso aos confins de minha consciência, aos quais eu jamais chegaria com terapia ou coisa parecida.

A Ayahuasca só não altera minha consciência, mas também me permite explorá-la de uma forma segura e maravilhosa. Infelizmente nós seres humanos, estamos carregados de preconceitos, e esse comportamento preconceituoso tão enraizado, acaba nós limitando e nos tornando resistente ao novo. Mesmo se tratando de uma informação que não é tão nova assim, tento em vista que a Ayahuasca é conhecida pelos povos indígenas, xamanicos a centenas de anos.

Infelizmente estivemos a mercê de uma sociedade tanto religiosa como política totalmente hipócrita. Embora isso ainda se faça presente, grande parte da população, já está conseguindo sair da obscuridade e partindo para outros valores espirituais, saindo Deus punitivo e entrando na era da graça. Esse despertar que encontra raízes sólidas nos ensinamentos espiritualistas faz parte do grande plano divino para nova era, que já não é tão nova assim, pois já estamos nela. E a Ayahuasca, é apenas mais um veículo que facilita esse acesso.

Sendo assim quem tiver a oportunidade de experimentar o faça, sem julgamento, sem medo, e principalmente sem preconceito.

Vai alterar sua consciência?

Sim! É para isso que serve o chá.

O que você fará com as informações que virão, é um problema individual. Penso que só se deve tomar a Ayahuasca, quem realmente quiser se auto-conhecer, se tua intenção não for essa, tome, pinga, cachaça, cerveja, qualquer coisa que te prenda a ilusão. Porque a Ayahuasca te mostrará a tua verdade.

Márcia Vasques (Psicóloga Clínica) – 09/12/11


Em meus trabalhos construo o meu ambiente interno. Pratico o silêncio físico e mental!

É o caminho da paz interior que reflete em meu exterior. Ao me interiorizar, minha mente trabalha como minha serva, trazendo as orientações que preciso saber para o meu desenvolvimento espiritual.

Sei como é sempre desafiador os enfrentamentos com minhas emoções e comportamentos negativos, esse é o único propósito para que estou nessa vida, ” a necessidade de me auto transformar “.

Nesse exercício de encontros, desencontros e reencontros tenho a certeza que a minha união de 22 anos com a Rita tem sido importante para esse crescimento e juntos adquirir a maturidade necessária para lidar com essas diversidades.

Obrigado Rita, por você existir em minha vida e saiba que você é muito importante para mim. Beijos. Te amo.

Alvaro N – 10/12/11


Padrinho Renato e Madrinha Cris:

Estou muito grato por este lindo e especial trabalho, pela transformação que causou na minha vida; pegou um simples homem e transformou em uma nova pessoa, um guerreiro, que hoje está preparado para tudo e todos os obstáculos que aparecerem na vida.

São sentimentos e palavras postados como as do irmão Alvaro que me fez de todo coração depositar essas palavras com muito carinho…

Gratidão, Padrinho, amigo e irmão, por tudo. Por me desenvolver no mundo espiritual, por me mostrar o caminho, e nele, vou caminhar, sei que é difícil, expressar com palavras toda emoção e sentimento que eu sinto agora. Mas, você sabe do amor que eu tenho por vocês todos. Nossa linda família CÉU AZUL.

Quero muito, mas muito mesmo, deixar estas palavras de todo o meu coração como agradecimento e total felicidade em poder participar, me dar total confiança, essa confiança sendo depositado a cada dia, me faz honra, disciplina. Muito temos a frente como sempre digo e nunca vou deixar de dizer… “ Com valor Marchemos…” E quero estar sempre compartilhando este lindo despertar com todos os irmãos e irmãs envolvidos numa só sintonia…SOMOS UM.

Assim seja;

Assim falei…

Will Pereira – 11/12/11

 


 A vitória é certa!

Mais um final de semana maravilhoso, banhado de luz, paz, tranquilidade, amor, harmonia, carinho, afeto, cumplicidade, companheirismo, troca de experiências, humildade e respeito. Hoje tive um momento muito especial em minha vida assim como vários outros virão. Mas compartilhar e presentear com algo que é da minha essência, é de imensa gratidão e respeito de minha parte à todos. Um domingo maravilhoso, onde ser feliz, não se precisa de muita coisa. Basta estar feliz e levar essa felicidade á todos aqueles que precisarem, precisam e precisarão. Obrigado à todos presentes no Céu Azul Xamanismo por mais um encontro de muita energia. Só tenho a agradecer a cada momento de alegria que eu passo estando com vocês. Vocês são demais! Que deus os abençoem.

Juliano P. 18-12-2011