«

»

Retiro de Aniversário da Madrinha Cris 2016

01 – Allegra Bentivi
02 – Álvaro Filho
03 – Carla Prandini
04 – Cris Matsuoka
05 – Gabriel Weng Maravalli
06 – Gisele Lopes
07 – Ju Ponte
08 – Luciana R.
09 – MaNuca Marinho
10 – Marcia Gomes
11 – Mariza Weng Maravalli
12 – Rafaela Aquariana
13 – Rêh Phoenix
14 – Thaís Escanhuela
15 – Thiago Brizola
16 – Vanessa Sampaio

 


Neste Ritual Maravilhoso, tive a graça de curar feridas, fechar ciclos, começar novos e trazer a tona todo amor, todo afeto, toda alegria que estão dentro de mim.
A Força era tão grande que dessa vez não tive energias mentais nem físicas para atrapalhar o trabalho que seria realizado, ou melhor que já estava sendo realizado antes mesmo de chegar neste tão esperado dia, onde minha Mãe Iansã me conduziu através do fogo para uma verdadeira transmutação interna e externa.
A Proteção Divina é tão maravilhosa que me trouxe anjos em forma de pessoas para me ajudar num processo tão intenso onde a fase “preciso de ajuda” está dando lugar a “ajude-se a si mesma e assim ajudará quem precisa”.
Aline Gama, Ju Ponte, Cris Laranjeira que me auxiliaram e me ensinaram com tanto amor, agradeço do fundo da minha alma.
Gratidão a cada abraço, cada sorriso, cada olhar, cada palavra trocada, isso é o que aqueçe nosso coração.
Me sinto tão feliz em poder compartilhar tudo isso, a Força da Natureza, Os animais de poder, as manifestações dos elementos, o bailado em volta da fogueira, a comemoração do aniversário da madrinha com uma linda homenagem, o cuidado e a força do padrinho Renato Laranjeira, as crianças, as mamães, futuras mamães, a Fada madrinha Mirtes Mi e toda familia Luz Ametista que nos abençõa com um espaço tão sagrado!
A Fogueira, Os tambores, os iluminados donos de dons maravilhosos como cada voz e instrumento que soou dos microfones como um raio dentro de mim, Banda Universo, Rica Silva vocês me conduziram na Força para que eu não me perdesse com o suporte das Forças Divinas tanta energia de cura se propagando, através dos ventos, da chuva, da fogueira, do ar, assim como o Balsamo dentro do Utero da Mãe Terra na Tenda do Suor, na cura através do toque do tambor, no bailado com o Fogo Sagrado para que eu possa ser uma criatura cada vez melhor, cada vez mais forte, cada vez mais amorosa.
EU SÓ TENHO A AGRADECER!!!!
AMO CADA UM DE VOCÊS!!! FAMÍLIA QUERIDA, AMADA E ABENÇOADA.
OBRIGADA POR TANTOS PRESENTES!!!
Me chamo Allegra Bentivi Dente de Leão e assim falei.
Allegra Bentivi 01-03-2016

 


O que falar do melhor evento do mundo?
Só tenho motivos para agradecer, pela energia, pelo amor de todos, cada abraço recebido, cada minuto, cada segundo vivido nesse ritual… A única coisa que pode expressar tudo isso é GRATIDÃO por todos, somos a família mais feliz do mundo! Amo voces.
Álvaro Filho‎ 29-02-2016


Mais um retiro do Céu Azul Xamanismo…. como foi anunciado que seria muito especial com surpresas ..cumpriu sem exageros a escrita… tenho certeza que quem participou vai levar na memória e no coração todas as emoções que lá aconteceram. … Além de todo trabalho espiritual que foi indescritível.,.tivemos a comemoração do aniversário de nossa AMADA MADRINHA Cris Laranjeira…. Com serenata surpresa…que foi além de qualquer expectativa. .. lindo…emocionante. .. as mensagens gravadas com a voz de nossos irmãos que conseguiu traduzir um pouco do amor e admiração que temos por ela e pelo seu trabalho e dedicação conosco …. GRATIDÃO A TODOS envolvidos. ..a todos que participaram desse retiro fisicamente. ..em pensamento. ..em coração. .. por todo envolvimento! Amo essa família e agradeço mais uma vez poder fazer parte disso… Gratidão padrinho Renato Laranjeira por ser tão especial…sem palavras. ..só emoção!
Carla Prandini 29-02-2016

 


Gratidão pela oportunidade de ser uma aprendiz e curadora de Gaya.
Mãe Terra me ensina todos os dias a respeitar o ser sagrado dentro de cada um, a ver a beleza em cada rosto, sorriso e gesto. A aprender observando cada coisa linda e perfeita que ela nos dá!
Me ensinou a entender as lições e perceber que todo mundo precisa aprender a mesma coisa, mas que ela ensina cada um conforme seu grau de entendimento, e isso é mágico!
Gratidão a família Céu Azul Xamanismo, por este final de semana de cura, pela presença de cada um!
Gratidão madrinha Cris Laranjeira, pela mulher maravilhosa que é! Gratidão pela oportunidade de aprender em te olhar sendo! Cada olhar seu me ensina muito!
Cris Matsuoka 29-02-2016

 


É Sr. Facebook, estou pensando no quao difícil foi desapegar… De criança havia incomôdo com a barba alheia. Anos depois no teatro descobri que deixar a barba crescer podia ser bom. E me apeguei. Me apeguei a minha imagem, a textura e calorzinho bom que ela me trazia. Me apeguei a imagem de mais velho, talvez por imaginar que me trouxesse mais credibilidade. Me apeguei nas ilusões que ela podia me proporcionar. E vivi e tirei aprendizado. Mas agora, no auge dos meus 32, sinto que não sei nada ou sei muito pouco da vida. E preciso viver. Aprender, errar, mas mudar a direção. EXPERIENCIAR….Sentir a liberdade de sentir o vento bater frio no rosto nesses dias frios pode me ser bom! Se eu pudesse dar um conselho neste momento para mim seria: Não vá se perder por aí…. rsrs Vida, muita vida, isso que desejo daqui pra frente. Céu Azul Xamanismo, esse resgate da minha alma e da minha vida devo a vc! A cada encontro e a cada acolhimento. Madrinha amada Cris Laranjeira, minha eterna gratidão por me acolher nas horas mais difíceis, mesmo sem saber. Assistir de longe sua firmeza no amor me dá forças. Padrinho Renato Laranjeira, meu respeito, admiração e gratidão. Aprendo muito com seu exemplo. Meu amor a minha família que me acolhe sempre, tanto a família Weng quanto ao meu pai Maravalli. Aos meus amigos amados que não me julgam, entendem meu momento e torcem por mim a distancia. Em especial a Cristina Serralheiropor ser minha parceira de alma. Parece que as almas foram divididas não é Cris? rsrs E a cada irmão que acompanha e me oferece a oportunidade de cada troca. Seriam muitos os nomes, mas neste momento são estes. Gratidão, Gratidão, Gratidão… Daqui pra frente? EU QUERO VIVER!
Gabriel Weng Maravalli 04-03-16


Padrinho e Madrinha, a pedido vou compartilhar minha vivência no ritual de Indaiatuba. É longo, mas gostaria que lessem até o final.
Acabei sendo a 1° pessoa a entrar na Tenda do Suor após as crianças.
Assim que entrei, senti um pânico em estar ali dentro e travei
Não consegui me movimentar,
Algo me dizia que se respirasse aquela ‘fumaça’ iria morrer,
Gritavam no meu ouvido, não respira, não respira
Comecei a ver outro cenário, algo que já tinha visto antes
Eu, multiplicada em 05, na mesma posição e implorando por uma nova oportunidade (reencarnação), o lugar era escuro e tinha fogo.
Graças a Deus o Silvio estava ao meu lado e tentou me acalmar
Em nenhum momento ele me apressou para que outras pessoas pudessem entrar logo, pelo contrário, ficou ao meu lado pedindo calma e que respirasse devagar.
Consegui me movimentar e fiquei num canto, ele pediu para relaxar, mas, fiquei imovel, outras pessoas foram entrando e tudo seguiu.
Não fiquei mais que 05 minutos e senti que precisava sair.
Pensei que o trabalho tinha acabado, mas não
Sentei no espaço ao lado da Tenda e ali fiquei
Naquele momento, Iansã me orientou que meu orgulho seria trabalhado
Não entendi muito bem e quis deitar
Só que pensei: “Vou ter que deitar no chão?”
Olhei para o lado e vi um colchonete e teria que perguntar se poderia deitar ali, mas algo interno me dizia: “Você vai perguntar? Vai ter que pedir?” Decidi não pedir e deitar no chão com a cabeça num colchão que estava ali.
De repente, o cenário mudou, mesmo eu com o olho aberto
E me vi como uma mendiga na rua, com sede, muita sede
Comecei a chorar muito, porque me vi toda suja, com um monte de moscas em cima de mim, eu tinha um cheiro horrivel, pessoas passavam por mim e parecia que eu era invisivel…
Olhei para o lado e vi na mesa uma garrafa com agua,
Pensei em tentar pegar, mas Iansã interveio e disse: “Você vai pedir essa água”. Novamente começou uma briga interna… Pensei: “Não vou pedir, vou pegar por que sou autosuficiente”… Iansã interveio novamente e disse: “Você vai pedir e se tentar pegar, vou te derrubar”. Comecei a chorar novamente e ela disse: “Você com seu orgulho, em outra vida morreu de sede por orgulho de não pedir”.
A cena mudou e comecei a ver as encarnações em que me perdi no orgulho… Um rei que matou toda sua civilização por achar que sabia mais que todo mundo… Uma sacerdotisa soberba que usou da sua sabedoria para prejudicar outras pessoas… Dentre outras…
Me desesperei e veio um choro que parecia da alma
Entendi naquele momento que o orgulho que tanto foi tentado trabalhar nos rituais anteriores saiu naquele momento e estava mostrando sua força… É louco dizer, mas estava literalmente incorporado em mim, impedindo de eu pedir o que precisava… a água…
Quando entendi isso, ouvi essa música que coloquei aí (Monte Castelo -Rica Silva) e senti a presença de São Francisco de Assis.
Decidi pedir a agua, levantei a mão, mas ninguém me via, por mais que passassem na minha frente… Passou alguns instantes e alguém me viu, agachou ao meu lado, pedi a agua, assim que ele trouxe, colocou o copo ao meu lado, li dois nomes no copo… Pedro e Tomé… Iansã disse: “Esses dois apostolos estão aqui te ajudando e São Francisco de Assis também”
Chorei muito e com muita dificuldade consegui beber a agua
Assim que bebi, ela disse para me levantar, aos pouquinhos surgiu uma força me pedindo pra sentar na mureta. Sentei e olhei meu estado… Iansã disse: “Até quando você vai ter que passar por isso para ver seus erros?”
Pedi desculpa, perdão e tudo o que me veio a cabeça, ela nada respondeu
Decidi tomar banho, queria me limpar, não aguentava me ver daquela forma, pedi ajuda a Iansã, porque não conseguia ficar em pé e ela me disse: “Pode ir, serei as suas pernas”, consegui me levantar e fui caminhando até pegar minhas coisas (toalhas e roupas).
Cheguei no banheiro, liguei o chuveiro, mas não tinha agua,
Chorei mais ainda…
Ela disse: “Você pode escolher em ficar aqui e esperar a agua ou ficar lá fora com os outros”, decidi ficar no banheiro… Continuei chorando porque aquela sujeira estava me fazendo enlouquecer, de repente a Marcia (acho que é esse o nome dela) começou a limpar o banheiro… Iansã me perguntou: “Olhe bem para essa moça e veja se ela sente-se humilhada em limpar esse banheiro? Veja se ela está com orgulho ferido só por ter que desentupir aquela privada?”
Passei muito tempo no banheiro, até que Iansã pediu para ir lá fora e olhar as pessoas que estavam em volta da fogueira… Tocava musica de Iemanjá… Fui com certa dificuldade e enquanto olhava para todos bailando, Iansã dizia: “Veja, todos estão como você, cheios de lama e pergunto, olhe bem para eles e me diga, eles estão tristes? Revoltados por estarem sujos ou estão felizes e sentindo-se abençoados por este momento? O que está te matando nesse momento é o seu orgulho que não admite nada disso, é ele que te fez ficar desesperada na tenda, agora, e se você não se conscientizar disso, ele vai acabar com você”.
Chorei mais um pouco e algo me levou até o circulo da fogueira
Sentei, a madrinha me viu e me ‘defumou’, assim que ela fez isso, Iansã incorporou em mim e me levou para perto do fogo.
Essas foram suas ultimas palavras…
“Você me ouve, mas não me compreende
Preparei você para este momento, nada é por acaso
Te tirei tudo… o seu ‘tudo’ é o trabalho, então tirei-o de você,
Te deixei dessa forma para te mostrar o que seu orgulho irá fazer com você no futuro
Então, mesmo que você tenha feito a Feitura (Iniciação) no Candomblé, isso foi só o começo, era apenas a primeira parte, porque a sua iniciação no orixá está sendo feita agora por mim, seu orixá, agora você pode dizer que é ‘feita no santo’, porque agora eu te dei a renovação, eu te dei uma nova vida, uma nova oportunidade, a partir de agora você vai recomeçar sua vida do zero e saiba que, se um dia você voltar a deixar o orgulho tomar conta de você, faremos esse processo novamente, vou te tirar tudo até você aprender.”
Ela se foi e algo me dizia para ir para o banheiro tomar banho,
Quando cheguei lá, a agua havia voltado e por mais que a minha toalha tivesse sumido, dei um jeito e tomei meu banho.
E assim terminou meu processo.
Eu que pensei que meu trabalho iria acontecer no sabado, mas não, aconteceu ontem na Tenda do Suor.
Agradeço imensamente a vocês por existirem e fazer esse trabalho maravilhoso.
Gratidão eterna, amo muito vocês, muito mesmo.
Grande beijo.
Gisele Lopes 29-02-2016

 


Madrinha e Padrinho eu não tenho palavras para agradecer esse retiro, foi mais uma vez um espetáculo, mas com certeza esse se superou!!!!
Foi o trabalho mais lindo que eu participei!
Preparado pelo Alto com muito amor e carinho, para homenagear a nossa madrinha…a “Minha Madrinha Mais Linda do Mundo”!!!!!
Porque, você merece toda essa chuva de bênçãos minha madrinha! E eu sou uma menina muito afortunada por ter vocês dois como meus Mestres!!!
A apresentação da Banda Uni Verso e do querido Rica Silva, foram para arrebatar corações!!! O meu pelo menos ahahahahah !!!! Vocês nos conduziram com maestria por nossas veredas!
Quero agradecer de coração também, ao trabalho incansável, de todos que estavam nos bastidores para poder fazer essa festa acontecer, Evaldo, Mirtes Mi, Carla Prandini, Fernanda Machado de Souza, Ana Cunha, Silvio Vieira, Marcia Cardoso e Leozinho, Rodrigo Oliveira e todo o povo da Tenda do Suor!!!
Porque na verdade o palco estava tomado pela Espiritualidade dessa casa!!!! Ahowwwwwww!!!!! Gratidão!!!!!
Ju Ponte 01-03-2016

 


Sim! Eu posso!
É possível encerrar e recomeçar.
É possível ser em outro caminho e ser feliz e verdadeiro.
É possível ser em outro caminho, ser feliz, verdadeiro e ser LIVRE!
Sem peso, sem obrigação, sem cobrança, sem cara feia.
O que passou foi ótimo, mas não é eterno.
Os ensinamentos ficam. Cresci, amadureci.
Mas, escolhi ouvir meu coração quando ele disse: NÃO!
E, agora, escolho ouvir meu coração dizendo: SIM!
Vá mesmo se sentir medo.
E… Fui e… AMEI
Gratidão! Família Céu Azul Xamanismo, Madrinha Cris Laranjeira, Padrinho Renato Laranjeira e a todos dessa Família linda, feliz, verdadeira e livre que me acolheu com tanto amor.
Luciana R. Navarro‎ 04-03-16

 


Sobre o retiro… não sei o que dizer! To meio “nada” desde que voltei, e fiquei meio “nada” por lá também… rs…
Só sei que no último trabalho, da tenda, no domingo, eu olhava pros irmãos e achava todo mundo lindo, demais da conta! Tudu “guti guti”! haha… vontade que eu tinha era de sair abraçando e beijando todo mundo…
Não tem palavras que descrevam, então fiz uma imagem “brincadeirinha” para tentar descrever o que sinto por vocês, família!
É muito amô!
Marcia Gomes 06-03-2016

 


…estou voltando pro meu cantinho no mato com meu coração é minha alma carregados de força, de foco, de muita fé, e com imensa determinação, e a CERTEZA de que tudo está exatamente no lugar onde deve estar.
Eu agradeço infinitamente a Deus, por me permitir essa grandeza de sentimentos, eu agradeço a TODA família Céu Azul Xamanismo, a cada um de vcs, GRATIDÃO meus irmãos !!!
Que nossa caminhada seja longa, próspera, de muita abundância e muito amor!
Mirtes Mi 💜 Evaldo GRATIDÃO pelo Solo Sagrado que nos cedem à cada retiro, vcs são incríveis e eu me sinto privilegiada em poder trilhar essa jornada ao lado de seres de tamanha grandeza como voces🙏🏽 Amo voces 💘
Padrinho Renato Laranjeira, Madrinha Cris Laranjeira, grandes pilares da espiritualidade neste plano, que toda a luz que eu encontrei dentro do Céu Azul, através da Egrégora Azul, e que hoje habita em mim, resplandeça por todo o sempre na vida de voces, GRA TI DÃAAAAAAO
MaNuca Marinho 29-02-2016

 


Aqui estou eu para deixar registrado a maior e melhor experiência de minha vida; não poderia ser em um ritual diferente que não o dela, minha mãe IANSÃ; envolta a choro e muita gratidão por fazer pte de td isso digo que será um divisor de águas na minha existência.
Já no dia 26 ( sexta-feira )as sensações começaram a ebolir dentro de meu ser, foi como se houvesse um vácuo dentro de meu estomago, sensação de borboletas em festa, chegando no ritual depois de turbulências cotidianas senti a paz e ao iniciar os trabalhos olhei para o cada irmão presente e só pensava em agradecer, agradecer pela oportunidade de estar presente ali, de poder sentir o amor !
Padrinho Renato e madrinha Cris minha eterna gratidão pela missão e pelo acolhimento dessa família que só cresce e emana amor.
Agora me pergunto: O que foi o trabalho de sábado? Iansã chegou e se apoderou! Rainha dona de uma sabedoria e de uma atitude invejável; chegou e se posicionou! Mostrou sua força e sua proteção, eu a vi, lindaaa, magnanima, mãe, acalentadora, não uma mãe meiga e delicada, mas uma mãe forte e de posicionamento firme, onde me mostrou que mesmo diante de tantas dificuldades não devemos abaixar a cabeça e essa atitude não seria por orgulho, mas sim por ser guerreira e não esmorecer diante das batalhas da vida. Cabeça erguida em meio as chamas da vida é assim que me vi e é assim que me coloco. Ela é o pulsar dentro do meu ser, poder senti-la e poder vê-la foi o maior presente de minha vida ! Senhor Deus foi muita GRATIDÃO.
Hj vi uma imagem que veio de encontro a como me senti naquela noite e vou deixar aqui nesse post.
A cada música ouvida era como um estrondo dentro de meu cérebro, queria cantar alto …gritar que minha mãe Iansã estava ali e conduzia tudo e a todos; que naquela noite abriu-se uma clareira no céu e ela permitiu que muitos seres de luz estivessem conosco, foi lindo demais, alguns podem chamar de uma grande viagem, eu não, eu chamo de transcendência, e essa sensação só pode ser vivenciada por quem se entrega a mãe ayahuasca e eu me entreguei de corpo e alma, me deixei envolver pela energia, pelo fogo, pelos pingos de chuva que caiam feito bênçãos divina., me envolvi em cada nota musical, recebi as instruções necessárias para seguir em frente nessa encarnação; somos todos seres livres, e como tal devemos agradecer, agradecer a vida , agradecer por termos saúde, por termos a nossa familia carnal , nossa família espiritual, nossos amigos, nosso trabalho, devemos agradecer por podermos enxergar o colorido desse planeta, onde cada coisa esta e tem importância nesse contexto universal. Ela, minha mãe Iansã, me mostrou que para viver felizes não precisamos de ostentações e sim de liberdade, liberdade de escolhas , liberdade para poder expandir sentimentos sem restrições, liberdade para contemplar, liberdade para amar.
E ai adormeci em outro plano e quando me dei conta estava recebendo outra graça, a graça de poder estar participando com todos e em meio a uma energia transcendental da tenda do suor, aquele aroma, aquele envolvimento acalorado me renasceu, me trouxe a tona , me eclodiu da terra ao solo sagrado, com um canto guiado pela ancestralidade…estava ali a banda Uni verso nos conectando com a imensidão da Terra. Senhor Deus minha gratidão é infinita, não tenho palavras nesse momento para expressar todas sensações que vivi nesse retiro espiritual de cura, de amor, de direcionamento.
Aos irmãos que estiveram presentes e puderam sentir as fragrâncias exaladas por todo trabalho e que ouviram o estrondar do trovão na noite de sábado, que viram os raios, que sentiram a chuva, que pisaram na terra, que sentiram a lama, que sentiram a grama úmida, molhada; que viram o alaranjar envolta da grande lua, que viram a pomba branca cortando o céu em meio a um arco íris perfeito, que puderam sentir o amor , que choraram de alegria, que vibraram, que se doaram…meu mais profundo agradecimento, e que Deus me permita viver muitos mais momentos como esse ao lado de todos voces ! 💙
Gratidão à voce Rica Silva que com sua voz me fez dar um mergulho no meu interior.
Gratidão Mirtes Mi e Evaldo pelo reencontro e pelo acolhimento ! Agradeço pela nova instalação e pelo carinho com que nos recebem.
Gratidão a minha família que esteve presente: minha amiga e filha querida Raquel Maravalli , meu anjo Gabriel Weng Maravalli e meu genro Flavio Bianchini Junior
A minha mãe IANSÃ minha reverência !
Eparrey !!!
Mariza Weng Maravalli 01-03-16

 


Esse é o poder do Santo Daime que a todos pode acolher, não importa de onde você vem, VEM COMIGO DANÇAR!
Eu agradeço a minha família Céu Azul Xamanismo pela oportunidade, pela força que todos os irmãos nos passaram, cada olhar, cada sorriso, a forma com que se entregaram no trabalho, vocês nos fortalecem!
Estamos juntos nessa caminhada, que a nossa música atravesse as barreiras da separação, e possa tocar muitos corações!
Gratidão aos meus irmãos de eternidade Thiago Brizola Endy Maghin Beto Yamanishi Vieira Rodolfo Mazzotta a nossa união faz a força! Não existem palavras quem deem conta da minha gratidão Emoticon heart
Que todos saibam que SOMOS UM!
GRATIDÃO UNI VERSO!
Rafaela Aquariana 29-02-2016

 


Bom…o que dizer sobre esse trabalho maravilhoso, são muitas coisas e a maior de todas elas é a imensa gratidão que estou sentindo, Madrinha Cris Laranjeira e Padrinho Renato Laranjeira, eu amo voces, obrigada por me ouvirem e acolherem com tanto amor e carinho e me mostrarem “o caminho de volta pra casa”, por todo amor, paciência e ensinamentos!
Eparrey minha mãe Iansã! Agradeço por sua divina luz e por tantos ensinamentos, por me fazer entender o que é ser vossa filha, a minha Ancestral Iemanjá e meu pai Ogum pelo amor e força.
Agradeço a cura recebida em minha alma, o reencontro, a firmeza, a coragem.
Gratidão a minha querida Marcinha que com tanto amor e dedicação mais uma vez cuidou de mim, Leozinho gratidão!!! Mirtes Mi e irmão Evaldo pelo trabalho maravilhoso com as pedrinhas e por todo carinho, Ana Cunha minha mãezinha do coração, Wejia Souza por todo o carinho e amor e Silvio Vieira paraê raê…caboclo querido que tá sempre ali nos ajudando e cuidando da gente sempre com muito respeito, atento a cada palavra dirigida com delicadeza e firmeza, que com o exemplo nos ensina que o Guerreiro de verdade se faz com humildade acima de tudo, minha gratidão e meu mais profundo respeito.
A toda essa família linda a qual tenho o privilégio de fazer parte!!!!!
É muito mais muito bom fazer parte desse presente de Deus!!!!!
Rêh Phoenix‎ 01-03 -2016

 


Esse retiro fez parte da minha comemoração de um ano que conheci o Céu Azul. Eu sou grata eternamente pela oportunidade de encontrar vcs, de encontrar o caminho pra minha cura e felicidade.
Em 2015 foi meu primeiro retiro, e foi trabalho de mamãe Iansã, terceira vez que comungava o Daime. Neste dia eu tive uma cura, eu senti o vento levando embora minha depressão. Até hj consigo sentir o vento que passava naquele momento, junto com voces eu estava bem perto da fogueira e tocava uma oração de Iansã. Me arrepio sempre que lembro
Este retiro foi muito especial pra mim, eu recebi um presente maravilhoso. Eu pude descobrir as raízes que me fazem mal e posso mudar qualquer coisa em minha vida. Pq nós merecemos ser felizes, merecemos amar e ser amados, nós merecemos nos curar de tudo oque não faz bem. Somos livres, somos luz, somos amor!
Obrigada à essa casa de Luz, vcs são a minha família, o meu lar
Padrinho e Madrinha eu amo vcs demais !!!!!!!!! Obrigada por tudo
Thaís Escanhuela‎ 29-02-2016

 


Pessoal, quero aqui pessoalmente fazer meu agradecimento pelo final de semana. Primeiramente, quero agradecer ao Comando Superior, que nos guia, nos corrige e nos ilumina nessa caminhada repleta de emoções e sentimentos que se chama vida. Nessa corrente estamos firmados e na luz caminharemos, graças a Deus!
Quero agradecer também aos padrinhos desta casa de amor e luz, que só cresce e se fortalece conforme o tempo passa. E ele voa! Renato Laranjeirae Cris Laranjeira, obrigado pelo esforço e dedicação para que todos nós pudêssemos vivenciar o melhor evento do mundo. Sem a direção de vocês, e também dos padrinhos Evaldo e Mirtes Mi, do Luz Ametista, nada disso seria possível!
Quero agradecer aos membros e integrantes da banda Uni Verso, que se dedicaram e se esforçaram para apresentar um trabalho impecável para nossos queridos irmãos. Endy Maghin, Rodolfo Mazzotta, Beto Yamanishi Vieira e Rafaela Aquariana, obrigado pela paciência com meu jeito exigente. Sem a energia e a luz de vocês, essa festa também não seria possível!
Quero agradecer também aos demais músicos que integraram essa festa, cada um com seu estilo próprio e no momento perfeito do trabalho. Rica Silva, Txai Leandro Henrique e Matteus Sob (que nos acompanhou com o triângulo)…, obrigado pelos presentes que deram para cada um de nós.
Quero agradecer também cada palavra de carinho, amor e incentivo que recebi no final da apresentação. Ver vocês felizes, bailando, se elevando e se curando foi o meu maior presente. Pensamos nisso quando escolhemos as músicas que iriamos tocar. Vocês são minha família e não consigo me imaginar sem o carinho de cada um de vocês.
Embora a festa desse final de semana tenha acabado, meus amigos, a GRANDE FESTA está apenas começando!
Amo vocês!
Thiago Brizola‎ 01-03-2016

 


Boa tarde padrinho, gostaria de agradecer o bem que vocês me fizeram. Só Deus sabe o peso que foi tirado da minha alma. Cheguei no Céu Azul achando que os problemas que tinha era tudo, mas fui surpreendida descobrindo os motivos de meus bloqueios , meus medos. Fiquei inconformada com o que descobri, tocaram numa dor que eu tinha escondido , e ficou tão escondido que eu não lembrava. Doeu muito , chorei muito como se houvesse um rio dentro de mim. Junto com as lágrimas saia também aquela dor me fazendo ficar mais leve. O ritual do retiro foi espetacular , no último minuto do segundo tempo já estava desistindo , tomei o daime quando não era para tomar kkkk e fui bailar , nossa!! Entrei na força totalmente , me explicaram algumas coisas que me deram paz. No meio do meu trabalho senti a presença de um homem, senti meus lábios mais carnudos as costas largas, ele me mostrou uma cena. Estávamos os três, eu o senhor e ele, eu estava de frente vendo voces dois conversando , atrás do senhor tinha dois arco íris entre lançados , parecia a entrada de algum lugar, ele lhe dizia: cresça , multiplique, seu trabalho está maravilhoso ,mas tem muita gente na escuridão . perguntei quem era? Ele disse: Caboclo índio , rei da mata. Eu ainda assim continuei sem saber, senti o corpo dele em mim, ele ficou observando o ritual, e ouvi , “eu protejo esse lugar”. Mas parecia que o senhor estava ouvindo também, mais tarde quando vi o arco íris no céu meu Deus!!! Quanta emoção senti. Essa pessoa que falou comigo tem um amor muito grande pelo senhor, que me fez ter um respeito , carinho e admiração muito grande pelo senhor. Obrigada padrinho e madrinha , a jornada de vocês está linda no rumo certo. Eterna gratidão a família céu azul.
Vanessa Sampaio 06-03-16